quarta-feira, 26 de novembro de 2014

25 Anos do Sandman de Neil Gaiman - Versão Remasterizada!


Clique AQUI para baixar

Digitalização e restauração: Eudes Honorato
Edição e traduções adicionais: Nano Falcão

Este ano, o Sandman Original comemora 75 anos de criação. Mas enquanto preparamos essa comemoração como se deve, descobrimos outro aniversário que passou completamente desapercebido pelas editoras brasileiras (mas não nos EUA): os 25 anos do Sandman da Era Moderna, aquele bem mais conhecido por minha geração de leitores.

A primeira edição do novo Sandman, criado por Neil Gaiman, foi lançada em janeiro de 1989. Portanto antes que o ano termine, ainda dá tempo de comemorarmos aqui também o aniversário desta grande série e deste grande personagem que ajudaram a mudar o panorama dos quadrinhos norte-americanos, sendo um dos responsáveis pela gênese da própria Vertigo, o selo de histórias adultas da DC Comics que até hoje lança obras de sucesso.

Muitos de vocês já devem conhecer essa história e esse gibi, mas o que trazemos pra você aqui é uma novidade. Não é segredo que Sandman foi uma das primeiras hqs a serem escaneadas para a internet, e por isso mesmo hoje tem um padrão de qualidade abaixo do que muita gente exige, até pela própria evolução da resolução de tela dos computadores e tabletes. O Eudes Honorato, do mitológico Rapadura Açucarada, reparando bem nisso resolveu escanear a coleção "Sandman Edição Definitiva", que não apenas republica as histórias como traz elas com nova colorização desenvolvida pelo artista Daniel Vozzo um dos colaboradores e amigos do próprio Neil Gaiman.

Então foram esses scans que pegamos para compor a nossa DC Millennium Edition, um trabalho de suprema qualidade feito pelo Eudes, cuja diferença com o scan que até hoje ronda a internet são gritantes. De resto, traduzi o prefácio do especial tal como lançado pela DC nos EUA no ano 2000. E agora, fiquem com mais uma Millennium Editions, e se a galera pedir, vamos ter mais destas por aqui!

Um comentário:

  1. Nano, excelente post! É nessas horas que vejo o quanto estou ficando velho! Já fazem 25 anos!

    ResponderExcluir