terça-feira, 14 de maio de 2013

Flash de Dois Mundos!


Clique AQUI para baixar

Digitalização, Restauração e edição da capa: Nano Falcão

Terça-Feira tem tudo para ser dia de DC aqui no blog! O que acham camaradas? Deixe sua opinião! Devemos lançar ou não mais gibis da "Distinta Concorrente"?

Como sempre, trazendo outro gibi antológico e mitológico, vencedor do 1º "Prêmio Alley", pra quem não sabe, a primeira premiação das Histórias em Quadrinhos das que já houveram. Esse prêmio foi criado em 1962 pela revista/fanzine "AlterEgo" que foi uma das primeiras revistas especializadas sobre quadrinhos - na verdade um fanzine que virou revista, dirigido por um adolescente chamado ROY THOMAS, isso mesmo, o conhecido sucessor de Stan Lee na Marvel.

A equipe da revista teve a idéia de promover uma votação entre os leitores sobre os quadrinhos publicados em 1961, e a edição 123 de  The Flash foi uma das premiadas, levando o prêmio de melhor história, melhor edição e melhor capa, sem contar que a dupla criativa Gardner Fox e Carmine Infantino ganharam os prêmios de melhor escritor e melhor desenhista daquele ano, respectivamente.

Em 1969 o prêmio teve sua última edição e foi encerrada, justamente por Thomas - agora já trabalhando na Marvel - se sentir desconfortável por ser eleito pelos leitores do seu fanzine como melhor escritor, além do que a editora onde trabalhava ter ganho a maioria dos prêmios. Então para não questionarem os critérios da premiação, acabou-se o prêmio Alley. No ano seguinte, felizmente, apareceria outra premiação, embora de vida curta: O Shazam Awards, mas essa é outra história.

Além de ser eleita a melhor história em quadrinhos norte-americana do ano de 1961, "Flash de Dois Mundos" é historicamente importante por ter trazido Jay Garrick, o Flash original, de volta; Mais do que isso, nesse gibi está a gênese da "Terra-2", e o próprio conceito das múltiplas terras do Universo DC, que seria amplamente explorado nos anos seguintes.

Se você não acompanha ou não sabe muito sobre a História dos Flashs, esse gibi também é bacana por trazer em flashback as origens tanto de Jay Garrick quanto de Barry Allen. Em suma, essa é uma daquelas revistas que eu indicaria para "novatos", sem dúvida. Agora, sem mais delongas, baixem e curtam a revista!

2 comentários:

  1. Muito bacana mesmo essa versão 1 do Flash é deveras interessante obrigado Nano Falcão e HQ vintage.

    ResponderExcluir
  2. òtimo trabalho,irmão! flash, neles!

    ResponderExcluir